FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA

A Fisioterapia Respiratória Pediátrica é uma área da Fisioterapia respiratória. Dedica-se a estudar, avaliar e intervir nas alterações do trato respiratório nos recém-nascidos, bebés, crianças e adolescentes. Tem em conta as diferentes fases do desenvolvimento neuromotor, cognitivo e da linguagem, tal como, do próprio desenvolvimento pulmonar.


Os objetivos da intervenção são otimizar a ventilação para melhorar a qualidade das trocas gasosas e aporte de oxigénio; Desobstruir as vias aéreas, mobilizando e eliminando as secreções.


Durante e após uma infeção respiratória há aumento e dificuldade em expelir as secreções, o que altera o comportamento e estado geral da criança. Após a intervenção, normalmente, verifica-se uma melhoria do apetite, sono e estado geral. Há diminuição da dispneia (falta de ar) e otimização da tosse, uma vez que diminui o trabalho e cansaço dos músculos respiratórios. A intervenção também pretende prevenir a reincidência de infeções respiratórias.

A Fisioterapia Respiratória Pediátrica é indicada em Bronquiolite, atelectasia, asma, infeções respiratórias (vias aéreas superiores ou inferiores), fibrose quística, condições pós-cirúrgicas, doenças neuromusculares, paralisia cerebral entre outras.