Buscar
  • fisioandreviegas

A Fisioterapia e o pavimento pélvico

Na semana em que se comemora o Dia Internacional da Saúde na Mulher... teríamos obrigatoriamente de sensibilizar para uma temática tão importante na qualidade de vida e bem-estar da mulher.



O pavimento pélvico é constituído por um conjunto de músculos responsáveis pelo suporte dos órgãos pélvicos, função sexual e de continência de esfíncteres. Estes músculos trabalham em sinergia com o diafragma e com a parede abdominal. A sua disfunção pode dar origem a diferentes problemas que o fisioterapeuta pode ajudar a resolver. É importante que esteja atento aos sinais da sua disfunção.


Por exemplo, perdas urinárias e/ou de gases e fezes de forma involuntária, dor ou disfunção sexual, prolapso de órgãos pélvicos (bexiga, útero). Além destes problemas o fisioterapeuta também pode ajudar na recuperação pós-parto trabalhando as cicatrizes do pavimento pélvico ou da cesariana, recuperando a forma física através de trabalho abdominal específico (reduzindo o afastamento dos retos abdominais), trabalhar disfunções anoretais (como por exemplo na obstipação), diminuir as queixas de dor na endometriose. 


Para a resolução destes problemas o fisioterapeuta utiliza várias técnicas e inicia sempre por uma avaliação da estrutura e função do seu pavimento pélvico. Poderá ser necessário observar as estruturas internas recorrendo à palpação. A sua intervenção baseia-se em fortalecimento muscular, relaxamento, massagem, electroestimulação, biofeedback, trabalho respiratório, trabalho de consciência corporal, trabalho abdominal entre outros.

Se tem algum destes problemas ou outros que o façam suspeitar que possa ter uma disfunção do pavimento pélvico deve contactar um fisioterapeuta especialista nestas disfunções para que não agrave a sua condição. 

Estamos disponíveis para o ajudar.


Mariana Fonseca, Fisioterapeuta

14 visualizações